PROJECTO: Primeira Monitorização da corredeira Cursorius cursor exsul na ilha de Santa Luzia / First monitorizing of the cream-coloured coursor Cursorius cursor exsul on Santa Luzia Island

CANDIDATO: Alex de Tavares

RESUMO: Com o apoio do Fundo Desertas da Sociedade Caboverdiana da Zoologia (SCVZ) foi realizada a primeira monitorização da subespécie de corredeira Cursorius cursor exsul na ilha da Santa Luzia. O trabalho de campo teve o início no dia 09 de Abril e teve a duração de uma semana. O objectivo era conhecer o real estado da conservação desta subespécie naquela ilha. O trabalho concentrou-se na identificação dos habitats com maior ocorrência dos indivíduos, levantamento da abundância e procura de ninhos (Fig. 1). Devido as condições logísticas, não foi possível realizar o trabalho em toda a ilha. Foi escolhido o habitat mais adequado para as corredeiras. O trabalho realizou-se no noroeste da ilha onde são mais observadas segundo as informações dadas pelo pessoal da ONG Biosfera. Para a contagem foi utilizado o método de transectos com pontos de observação a cada 150 m. Foram registados todos os indivíduos observadas num raio de 75 metros durante 5 minutos de observação em cada transecto. No total realizaram-se 145 pontos de observação (Fig. 2). Poucos indivíduos foram observados, devido à época em que o trabalho foi realizado não coincidir com a época de reprodução.

SUMMARY: With the support of the Desertas Fund of the Caboverdeian Zoological Society (SCVZ), the first monitoring of the of the cream-coloured coursor subspecies Cursorius cursor exsul was carried out on Santa Luzia Island. The fieldwork started on April 9th and lasted for a week. The objective was to know the real conservation status of this subspecies in that island. The work focused on the identification of habitats with higher occurrence of individuals, abundance survey and search for nests. Due to logistic conditions, it was not possible to carry out the work in the whole island. The most suitable habitat was chosen for the cream-colored coursors. The work was carried out in the north-west of the island where they are more frequently observed, according to the information given by the Biosfera staff. For the count we used the transects method with observation points each 150 m. All individuals observed within a radius of 75 m were recorded during 5 minutes of observation each transect. In total there were 145 observation points. Few individuals were observed, due to the season in which the work was carried out which does not coincide with the breeding season.


Fig. 1 – O candidato Alex Tavares em trabalho de campo em Santa Luzia, Março de 2022 (Foto: Alex Tavares) | The candidate Alex Tavares during fieldwork on Santa Luzia, March 2022 (Photo: Alex Tavares)
 

Fig. 2. –
Observações de Cursorius cursor exsul registados no caderno de campo (Foto: Alex Tavares) | Observation records of Cursorius cursor exsul on the fieldbook (Photo: Alex Tavares).




© Jeff Hellio & Nicolas Van Ingen